Blog / Notícias

Rodovia Ayrton Senna segue com tráfego lento em direção a SP

A rodovia Ayrton Senna continua com lentidão no sentido São Paulo, do km 58 ao km 54 e do km 32 ao km 28, ambos devido ao excesso de veículos.

O tráfego é normal nas rodovias Carvalho Pinto, Hélio Smidt e no trecho da rodovia dos Tamoios sob concessão da Ecopistas – entre o km 4,5 e o km 11,5 (região de São José dos Campos).

O tempo está encoberto em todo corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto.

Feriado de Corpus Christi – Entre 14 de junho e 18 de junho, quando estará em vigor a contagem para o feriado de Corpus Christi, a estimativa da Ecopistas é de que entre 885 e 959 mil veículos passem pelas quatro praças de pedágio do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, nos dois sentidos.

Na última hora, cerca de 10 mil veículos passaram pela via no sentido São Paulo. Também nesse sentido, desde a zero hora de quarta-feira (14), quando teve início a contagem para o feriado, mais de 446 mil veículos utilizaram o corredor administrado pela Ecopistas.

Em caso de emergência, a Ecopistas disponibiliza atendimento 24 horas pelo telefone 0800 777 0070 ou por meio dos call boxes (telefones de emergência) existentes ao longo do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto.                                                                                              

A Ecopistas, empresa controlada pelo grupo Ecorodovias, assumiu, no dia 18 de junho de 2009, a administração do corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, entre o km 11,1 e o km 130,4. As rodovias ligam a Região Metropolitana de São Paulo com o Vale do Paraíba, a região serrana de Campos do Jordão e as praias do Litoral Norte.                                 

Categoria: Boletim ECOPISTAS de Condições das Estradas. Compartilhe: permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>